icone
Serviços Online
» Conheça nossa edição digital
19/08/2017
Corpo de Bombeiros controla princípio de incêndio em carro
19/08/2017
Mateada segue até domingo
19/08/2017
Coperametista decreta luto oficial
19/08/2017
URI/FW e DCE promovem evento alusivo ao Dia do Estudante
icone
Leitor Interativo
» Leia o Artigo da Edição
» César Riboli

A pujança de Palmitinho

A capacidade e a visão de administrador do prefeito de Palmitinho Luiz Carlos Panosso, aliada à sua habilidade política, são fatores determinantes para sua reeleição para mais uma gestão à frente da administração municipal. Essas virtudes de gestão têm contribuído de forma positiva para a pujança da cidade gaúcha que faz parte da região do Médio Alto Uruguai.

O município liderou o ranking do Estado do Rio Grande do Sul no abate de suínos no ano de 2016. Foram fornecidos para abate no ano passado, 211.379 suínos. No ano anterior, em 2015, o município ostentava a segunda posição no Estado, tendo produzido para abate a quantidade de 192.306 animais. Em 2015, Nova Candelária liderava o ranking estadual. A fonte da informação é a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Estado.

Não foi somente na quantidade da produção de suínos que o município de Palmitinho se destacou no ano de 2016. A cidade liderou também o ranking estadual com a maior participação proporcional no Programa da Nota Fiscal Gaúcha, em segunda posição ficou o município de Nova Palma, seguidos por Salvador das Missões e Tupandi. Este destaque transformou a cidade numa espécie de capital gaúcha da cidadania fiscal, conforme referido pela Secretaria de Estado da Fazenda que levou para Palmitinho a edição do sorteio de uma edição do programa. Na oportunidade, foi realizado um seminário regional de educação fiscal. 53% da população palmitinhense aderiu ao programa, realmente um grande feito de conscientização e comprometimento.

O município que comemorou 50 anos de emancipação política e administrativa tem uma população de 6.948 habitantes, de acordo com o senso do IBGE. Os resultados da pujança podem ser constatados também pela iniciativa em participar de programas nacionais. No Estado, apenas 14 municípios estão habilitados e desenvolvendo o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), o qual beneficia entidades como o Cras, escolas municipais, Apae e terceira idade. O programa visa incentivar os pequenos agricultores que desenvolvem suas atividades em regime de economia familiar para a produção de alimentos saudáveis, gerando renda para as famílias e fornecendo a produção para as entidades locais, importante porque a produção e o consumo dos produtos acontecem no próprio município.

O incentivo oferecido pelo poder público tem feito com que a avicultura também esteja em franca expansão. Aliada às parcerias e com a proximidade com frigoríficos do ramo, tem representando importante fonte de renda para os produtores, gerando incremento da arrecadação do município. A produção primária realmente se constitui em fator econômico importante para o município, que no ano que passou cresceu 103%.

No que diz respeito à arrecadação de ICMS, para o ano de 2017, o município terá um incremento de 6,04%, em relação a 2016. Aliás, tenho realizado um trabalho de pesquisa, desde o ano de 1997, em relação ao comportamento dos índices de retorno do ICMS dos municípios da região do Codemau. Nesta pesquisa, Palmitinho no ano de 2017 terá o melhor índice de todos esses anos.

Pelo que tenho ouvido das pessoas de Palmitinho, com as quais tenho conversado, a habilidade do prefeito em eliminar conflitos políticos, unindo PP, PMDB e PDT e a comunidade, tem sido um dos fatores determinantes para o desenvolvimento. Essa pujança deve-se muito ao gestor do município que tem demonstrado capacidade para sonhar com voos políticos mais altos.

COMPARTILHE ESTA PÁGINA
Os comentários no site estão em fase experimental - não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas. Denuncie comentários ofensivos ou usuários fakes pelo e-mail site@oaltouruguai.com.br.
© 2012-2013 - O ALTO URUGUAI - Rua Getúlio Vargas, 201 - Ipiranga - Frederico Westphalen/RS - Fone: (55) 3744-3040. Site desenvolvido por LIFESITE.