icone
Serviços Online
» Conheça nossa edição digital
27/06/2017
Posto Central com horário estendido em FW
27/06/2017
Veículo de Rodeio Bonito envolve-se em acidente
27/06/2017
Programa Educação Fiscal premia redações
26/06/2017
Projeto beneficia famílias e empresas frederiquenses
icone
Leitor Interativo
» Leia o Artigo da Edição
» Luiz Carlos S. Fortes

Prefeitos

No último fim de semana, tivemos a posse dos novos prefeitos municipais em todo o país. Gestores esses que terão pela frente muitos obstáculos a serem superados.

Sejam novos ou reeleitos, os prefeitos terão desafios e dificuldades comuns pela frente, a começar pelas finanças. Em razão da crise econômica, a arrecadação de impostos diminuiu em todas as esferas (federal, estadual e municipal) e grande parte dos municípios estão com dificuldades de bancar suas despesas.

Muitos desses desafios existem há tempos e parte da superação deles passa também pela capacidade de avaliar as demandas a longo prazo e priorizar os recursos.

Sabemos que vários problemas que as prefeituras enfrentam não devem ser atribuídos apenas a uma conjuntura desfavorável, mas também a ações de gestão pública, por vezes irresponsáveis e imediatistas, que fazem com que as despesas cresçam de forma desordenada.

A lista de problemas que aguardam os novos prefeitos neste ano de 2017 não é pequena e para a maior parte dos casos problemáticos não haverá solução a curto prazo. Os novos administradores vão precisar fazer muito com pouco, e precisarão estar cercados de pessoas competentes e comprometidas, já que sozinho ninguém consegue nada. 

 

“Companheiros”

Diante deste cenário que se apresenta para os novos prefeitos, os “companheiros” vão ter que ser compreensivos e entender que as prefeituras não devem ser cabides de emprego. Não dá mais para se admitir que pessoas que simplesmente fizeram campanha eleitoral (não foram obrigadas!) queiram ter um cargo junto à nova administração. A prefeitura deve ser administrada como uma empresa, com competência, com pessoas certas nos lugares certos, sem encher secretarias para contentar aos parceiros, pois, caso contrário, a população sairá perdendo mais uma vez.

 

Apae 

E no apagar das luzes de 2016, mais uma boa notícia para a Apae de Seberi. Trata-se da conquista de um recurso para a compra de uma Van adaptada para cadeirantes. Este era um sonho de longa data que agora está prestes a ser conquistado. O recurso foi empenhado no dia 31 de dezembro e possivelmente nos próximos dias já poderá ser licitado e, então, realizada a compra do veículo.

 

2017

É hora de receber o Ano-Novo com alegria e esperança no coração. De deixar o ruim no passado e abraçar o futuro com otimismo. Um recomeço de tudo que é bom. Um renovar de sentimentos positivos e um renascer de velhos sonhos. Desejo muitas felicidades neste ano que se inicia. Que sejam 365 dias de grandes realizações, sucesso e muita prosperidade. Feliz Ano-Novo!

COMPARTILHE ESTA PÁGINA
Os comentários no site estão em fase experimental - não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas. Denuncie comentários ofensivos ou usuários fakes pelo e-mail site@oaltouruguai.com.br.
© 2012-2013 - O ALTO URUGUAI - Rua Getúlio Vargas, 201 - Ipiranga - Frederico Westphalen/RS - Fone: (55) 3744-3040. Site desenvolvido por LIFESITE.