icone
Serviços Online
» Conheça nossa edição digital
23/06/2017
Bruxismo é tema de curso em FW
23/06/2017
Plantio do trigo está atrasado
23/06/2017
IBGE lança Censo Agropecuário na Emater/RS-Ascar
23/06/2017
Polícia recupera itens furtados
icone
Leitor Interativo
» Leia o Artigo da Edição
» Jô do Carmo | Panorama Político

Casa cheia em Defesa da Previdência

Cerca de 1,2 mil pessoas, dos 43  municípios da Amzop e demais regiões, lotaram o Centro Cultural em Palmeira das Missões, na  sexta-feira, 31 de março, para a audiência pública em defesa da Previdência. Sob o comando do presidente da Assembleia Legislativa, Edegar Pretto (PT), a Frente Gaúcha em Defesa da Previdência tem organizado encontros em vários municípios para mobilizações contra a reforma, da qual dispõe a PEC 287, que tramita no Congresso Nacional. A população vê positivamente os debates, visto que muitos ouvem falar da Reforma, mas não conhecem todo o teor e o quanto a mesma poderá afetar suas vidas.

 

Dando o tom

Os deputados federais Pompeo de Mattos, do PDT, e os petistas Henrique Fontana, Dionilso Marcon e Elvino Bohn Gass, e os estaduais Jeferson Fernandes e Nelsinho Metalúrgico, do PT, e Juliana Brizola, do PDT, pautaram seus discursos pela cobrança aos demais deputados federais e ao governo Temer para que não aprovem a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, por colocar em risco a Previdência Social e as conquistas no campo de proteção social da Constituição de 1988. O ex-ministro do Trabalho, Miguel Rossetto, seguiu o mesmo caminho. Prefeitos, vereadores, lideranças políticas e sindicais, estudantes e demais presentes levaram seu apoio à Frente. A parlamentar Juliana “bateu” nos governos federal e estadual e permeou sua fala lembrando os “interésses” já defendidos pelo avô.

 

Universitários? Presente!

As últimas manifestações no país já mostraram uma significativa presença dos jovens apoiando causas que contribuirão para um mundo melhor. Sim, eles estão de volta, e não só nas grandes inquietações mundiais, mas aqui pertinho de nós. Começando a fazer a diferença em sua comunidade. Felizmente, a juventude está mais inserida e fazendo a intervenção sócio-política na sociedade. Na audiência em Defesa da Previdência, na sexta-feira, eles se fizeram presentes. Munidos de cartazes e fazendo muito barulho os universitários da UR/FW e UFSM e estudantes do ensino médio da região mostraram que estão atentos e sabem o que querem. Excelente!

 

Aliás...

Ver os jovens mobilizados e marcando presença nas manifestações e discussões nos grandes temas da sociedade é muito saudável para a política brasileira que vive seus piores momentos pela marca da corrupção e pelo descrédito do político. Mas, vocês jovens, mostram que há esperança!

 

Oponentes

O presidente Michel Temer (PMDB) anunciou, no fim do mês de março, que irá sancionar o projeto da terceirização aprovado pela Câmara dos Deputados. Um protesto colocou cartazes das caras dos deputados gaúchos que votaram a favor do projeto de Lei. Estampados como “inimigos dos trabalhadores” os deputados Alceu Moreira (PMDB), Cajar Nardes (PR), Carlos Gomes (PRB), Danrlei De Deus (PSD), Darcísio Perondi (PMDB), Jerônimo Goergen (PP), Jones Martins (PMDB), Luis Carlos Heinze (PP), Mauro Pereira (PMDB), Renato Molling (PP) e Yeda Crusius (PSDB). Mesmo alguns achando que não tem nada a ver o babado é forte!

 

Senador Lasier é acusado de agressão à mulher

Março, o mês da mulher, termina com a triste notícia de que a esposa do senador Lasier Martins (PSD), a jornalista Janice Santos, prestou queixa na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, em Brasília, por ter sido agredida pelo parlamentar. Segundo a polícia, o caso foi enviado para o Supremo Tribunal Federal, pois o senador tem foro privilegiado. Em nota, o senador esclarece que não houve a alegada agressão física, mas ações e manobras da mulher no sentido de tirar proveito em tentativa de acordo no processo judicial. O casal está em processo de separação litigiosa. Independentemente de razões ou falta destas, a verdade é que a figura pública do político fichou manchada.

 

Repercussão

 Pelo sim, pelo não, eleitores do senador lamentam fatos. “Ele não parecia ser nada disso que se apresenta”, declarou um. O caso, inclusive, pautou parte da fala do deputado federal Marcon (PT), durante a audiência pública em Palmeira das Missões. O parlamentar criticou a violência contra a mulher afirmando que “homem que é homem não bate em mulher” e alfinetou: “Se ele tem vergonha na cara renuncia ao mandato”.

 

Pensamento comum

O prefeito de Palmeira das Missões, Eduardo Russomano Feire (PDT), oportunizou aos ao funcionalismo público a participação na audiência pública em defesa da Previdência. Dudu, assim como seus companheiros de sigla se pronunciaram contra a maioria dos pontos elencados no projeto e que impactam na vida dos trabalhadores como o que retarda o acesso à aposentadoria.

 

Amzop pede apoio à AL para que a reforma não seja aprovada nos termos propostos pelo governo federal

O secretário executivo da Amzop, Mauro Sponchiado, e o prefeito de Caiçara, Marcio Menuzzi, representando os demais prefeitos dos 43 municípios da associação entregaram ao presidente do Parlamento Gaúcho, Edegar Pretto, documento que agradece a atenção do parlamentar para com as causas municipalistas e solicitam que Pretto interceda para que a reforma não seja aprovada nos termos propostos pelo governo. No documento a entidade pede, especialmente, que itens como a retirada dos funcionários públicos dos Estados e municípios da reforma, a alteração da contribuição e da idade mínima para aposentadoria para todas as classes trabalhadoras e a contribuição mensal dos agricultores para a previdência sejam revistos. Os líderes justificam que, com a retirada dos funcionários públicos, “o governo federal se exime colocando governadores, prefeitos e vereadores em rota de colisão com os funcionários”.

 

HDP recebe R$ 550 mil em emendas

O Hospital Divina Providência (HDP) recebeu recentemente um total de R$ 550 mil em emendas de quatro parlamentares federais. Os valores serão utilizados, conforme a direção do hospital, para custeio das atividades e aquisição de equipamentos novos, para as especialidades que a casa de saúde possui. O maior valor destinado ao HDP veio do deputado federal Pompeo de Mattos (PDT), que destinou R$ 200 mil. Este recurso teve a intermediação do vereador Oliverio de Vargas Rosado. Além disso, o deputado Afonso Motta, também do PDT, destinou R$ 150 mil; o atual prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Junior (PSDB), destinou R$ 100 mil quando ainda ocupava o cargo de deputado federal; e o parlamentar Elvino Bohn Gass (PT) destinou uma emenda de R$ 100 mil para o hospital. Este recurso do deputado petista teve o intermédio dos assessores Volmir Amaral, José Seger, Milton Perkoski, Ana Grassi e o presidente do PT de Frederico Westphalen, Helio Dalanhol.

 

 

Vereador de Seberi solicita quebra-molas

O vereador André Korpalski (PP) esteve em audiência com o secretário estadual dos Transportes, Pedro Westphalen, na semana passada. O objetivo do encontro foi reforçar a necessidade da instalação de dois quebra-molas na ERS-587, entre Seberi e Rodeio Bonito. Os obstáculos na rodovia, conforme o vereador, irão diminuir a velocidade dos veículos na via, que possui um tráfego intenso e é palco de acidentes constantemente. Os quebra-molas são solicitados próximos às linhas Nova e Progresso, no interior de Seberi. O secretário recebeu a demanda e comunicou que a equipe da secretaria irá estudar a viabilidade da colocação dos quebra-molas.

 

Covatti Filho assume presidência de comissão

O deputado federal Covatti Filho assumiu, no fim de março, a presidência da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados. Esta é considerada a segunda comissão que mais analisa projetos no parlamento federal e é responsável por analisar a compatibilidade orçamentária e fiscalizar os atos do Poder Executivo. Para o deputado Covatti Filho, a comissão precisa ser firme na análise dos projetos que passam por ela. “Todas as propostas com impacto orçamentário, com aumento ou diminuição de receitas ou despesas públicas, passam por ela, que decide se está de acordo com o orçamento público e a Lei de Responsabilidade Fiscal”, afirmou o parlamentar.

 

Mérito Farroupilha a Jean Wyllys causa polêmica

A entrega da Medalha Mérito Farroupilha, maior honraria da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (AL-RS), e já recebida por frederiquenses como Leonir Balestreri e Nelcí Afonso Bakof, rendeu polêmica na última semana. A proponente, deputada Manuela D’Ávila, ofereceu a honraria ao deputado federal Jean Wyllys, o que causou indignação de deputados como Marcel Van Hatten e Sérgio Turra, ambos do PP. Os parlamentares questionaram o que o homenageado teria feito pelo Estado. Em resposta, a deputada afirmou que “o Rio Grande do Sul faz parte do Brasil e não há Brasil sem Rio Grande do Sul. Quando (ele) luta pelo reconhecimento dos direitos para todos os brasileiros, os gaúchos estão inclusos. Quando Jean diz que é preciso falar sobre HIV, fala ao Brasil do Rio Grande do Sul, que tem um dos maiores índices de jovens vivendo com AIDS”, declarou a deputada no discurso de entrega da medalha. Os deputados contrários pedem que a partir de agora a escolha dos homenageados com a medalha seja por votação de todos os parlamentares. Hoje, apenas a mesa-diretora da AL-RS sabatina as opções de homenageados indicados pelos parlamentares. 

COMPARTILHE ESTA PÁGINA
Os comentários no site estão em fase experimental - não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas. Denuncie comentários ofensivos ou usuários fakes pelo e-mail site@oaltouruguai.com.br.
© 2012-2013 - O ALTO URUGUAI - Rua Getúlio Vargas, 201 - Ipiranga - Frederico Westphalen/RS - Fone: (55) 3744-3040. Site desenvolvido por LIFESITE.