icone
Serviços Online
» Conheça nossa edição digital
12/12/2017
Sine-FW oferece vaga para vendedor pracista
12/12/2017
Comércio abrirá todas as noites na próxima semana
12/12/2017
Show com a banda Opus Dei reúne bom público
11/12/2017
URI/FW lança cursos de pós-graduação
icone
Leitor Interativo
» Leia o Artigo da Edição
» César Riboli

Os sonhos e as plantas

Busco em Monteiro Lobato uma parte da inspiração para o texto desta semana, isto porque, ele foi um dos mais influentes dos escritores brasileiros das últimas décadas, também porque, uma de suas celebres frases se amolda à reflexão entre os sonhos e as plantas. Certa vez, ele escreveu: “Tudo é loucura ou sonho no começo. Nada do que o homem fez no mundo teve início de outra maneira. Mas já tantos sonhos se realizaram que não temos direito de duvidar de nenhum”. E as plantas, o que elas têm a ver com o sonho que Lobato se refere?

Bem, quanto à importância das plantas para a sobrevivência humana é desnecessária fazer qualquer afirmação, até porque, sabemos que há muitos anos que a sustentação da vida humana aqui na terra depende delas. O oxigênio, indispensável para a sobrevivência dos seres vivos, é produzido pelas plantas, elas transformam a matéria orgânica pela fotossíntese que aprendemos muito cedo em nossos estudos. E não é só isso: as plantas fornecem a base de nossa cadeia alimentar, medicamentos, equilíbrio ecológico, nos garantem a vida.

Se a importância das plantas na nossa vida parece ser inquestionável, até porque, sem elas não existiríamos enquanto espécie humana, no que diz respeito aos sonhos, que importância elas têm em nossa vida? É exatamente esta resposta que pretendo encontrar, não tenho a pretensão de esgotar as possibilidades, tão somente, pretendo falar da minha impressão na relação que podemos fazer com as plantas.

Freud escreveu que “os sonhos são realizações de desejos”. Então nos parece que os sonhos são importantes para a nossa vida, refletem uma imaginação, uma construção do inconsciente que se revela consciente. Eles são como uma espécie de embrião de nossos desejos, da realidade, do futuro.

Não me refiro ao sonho que temos ao dormir, ao pesadelo, até porque, sonhar e acordar é um evento comum em nossa vida, na reprodução de algo que foi registrado no nosso autoconsciente durante o dia e que nosso cérebro tenta entender enquanto dormimos. Sonhos que me refiro, precisam ser entendidos em outra dimensão, ser desmistificado para nos ajudar a viver melhor.

Sonhar na dimensão que tem relação com as plantas é como exercitar um espaço da imaginação, da loucura que nos é permitido, é onde podemos realizar algumas fantasias, é pensar de uma forma como “pensamento positivo” que permita entender as origens e projetar um futuro, sonhamos para eternizar o tempo que passou, para manter viva a saudade, para imaginar nossos projetos de vida, para acreditar no sucesso, nas conquistas, nas coisas boas da vida.

Só que não podemos fazer de nossa vida um sonho duradouro, infinito, até porque, viver de sonhos, nos faz distante da realidade, por isto, precisamos compreender a diferença entre ficção e realidade.

Pois sonhar é preciso, sonhar porque os sonhos nos ajudam a alimentar intenções e desejos, projetar o futuro. Shakespeare já disse “somos feitos da mesma matéria de nossos sonhos”, então se somos identificados com nossos sonhos e temos uma identidade com eles, precisamos deles.

Sonhar é viver, então precisamos zelar por eles, tratar nossos sonhos como se fossem as plantas que estimamos. Eles precisam ser regados, cuidados todos os dias, precisam de atenção, de amor, de carinho, de energia e, especialmente de tempo, para que possam se tornar realidade. Como as plantas, para que sejam admiradas, para que cresçam, para que produza flores e frutos, para que cumpram seu ciclo é preciso atenção.

Então é preciso fazer com os nossos sonhos o mesmo que fazemos com as plantas, se queremos que cresçam, sejam saudáveis e produzam frutos. Tornar realidade nossos sonhos, a mais genuína das formas com que o ser humano expressa seus anseios, suas motivações, seus desejos é necessário. Eles nos movem, sem eles o que seríamos? Por isso, sonhar é viver.

COMPARTILHE ESTA PÁGINA
Os comentários no site estão em fase experimental - não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas. Denuncie comentários ofensivos ou usuários fakes pelo e-mail site@oaltouruguai.com.br.
© 2012-2013 - O ALTO URUGUAI - Rua Getúlio Vargas, 201 - Ipiranga - Frederico Westphalen/RS - Fone: (55) 3744-3040. Site desenvolvido por LIFESITE.