icone
Serviços Online
» Conheça nossa edição digital
28/05/2017
Motorista é preso após acidente
28/05/2017
Dois homens são presos na região
28/05/2017
Undime realiza encontro durante o 32º Carijo
26/05/2017
Edição especial do AU neste sábado
icone
Leitor Interativo
» Leia o Artigo da Edição
» Marcio Bariviera | Papo de Bola

Fazendo clube e não apenas time

O torcedor sempre quer que seu time ganhe. Não importa se o elenco seja o melhor ou o pior de uma competição. Quando ele paga seu ingresso ou sua associação ele quer ver o time vencer. Isso é normal. Praticamente todos somos assim. Entretanto, às vezes é preciso se planejar pensando não apenas no agora, mas principalmente mais adiante, por exemplo, para cinco, dez, trinta anos... Sigo abaixo.

 

Fazendo clube e não apenas time – II

Sobre quanto ao União Frederiquense investir muito abaixo em comparação à maioria dos times da Divisão de Acesso, talvez lá na frente o torcedor vai entender o que está sendo feito agora visando o futuro do clube, pois é necessário que haja constantemente uma gestão de clube e não apenas de time momentâneo. Foi “tirado o pé” de forma responsável agora para “acelerar” mais adiante, objetivando logicamente colher os frutos desse planejamento. Que assim seja.

 

Comprometimento e profissionalismo

Já sem chances de classificação, o União recebeu o Panambi e venceu com um gol no “apagar das luzes”. Cheio de desfalques, ora por cartão, ora por lesões, o time fez uma partida praticamente idêntica às demais realizadas até então: com dedicação e hombridade. Se a campanha não foi aquela que o torcedor sempre espera, o que ficou marcado neste grupo foram o comprometimento e o profissionalismo do início ao fim da temporada. Parabéns, gurizada.

 

Azedou

Azedou o leite do Inter. Que fique bem claro que não estou dizendo que o Novo Hamburgo já é campeão, longe disso. O colorado queria abrir vantagem para a volta, mas o que se viu no lado de lá foi uma espécie de espelho do que foi em todo o Gauchão: um time muito bem arrumado, compacto e eficiente em todos os setores, o qual não foi o melhor da competição até o momento em vão. O título está em aberto e eu não me atrevo a apostar um centavo sequer em quem será o campeão.

 

Noite para confirmar

O Grêmio enfrenta o Deportes Iquique na noite de hoje, no Chile, e um empate garante a classificação do tricolor para a próxima fase da Libertadores. Aliás, acho muito improvável que o Grêmio não acabe como líder do grupo, embora a vantagem já não seja tão grande assim, visto que a partir da próxima fase haverá sorteio entre primeiros contra segundos colocados e o adversário poderá ser mais “pesado” do que como era anteriormente. Mas o que importa é classificar. Depois é outra história.

 

Uma boa base

Mesmo não conseguindo passar de fase na Divisão de Acesso, a direção do União Frederiquense visualizou uma boa base de time para o próximo ano. Lógico que isso vai depender de acerto do clube com cada jogador, mas a ideia é mesclar vários atletas do grupo atual com reforços que acrescentem em qualidade para brigar por acesso, sim. Lembrando que a briga pelo acesso só irá ocorrer se houver recursos para isso. Do contrário, o objetivo será a manutenção, tal qual em 2017. Questão de realismo.

COMPARTILHE ESTA PÁGINA
Os comentários no site estão em fase experimental - não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas. Denuncie comentários ofensivos ou usuários fakes pelo e-mail site@oaltouruguai.com.br.
© 2012-2013 - O ALTO URUGUAI - Rua Getúlio Vargas, 201 - Ipiranga - Frederico Westphalen/RS - Fone: (55) 3744-3040. Site desenvolvido por LIFESITE.