icone
Serviços Online
» Conheça nossa edição digital
23/10/2017
Conheça quais são as principais vacinas disponíveis
21/10/2017
Cirurgiões-dentistas participam de curso de ortodontia
20/10/2017
Ação na praça da matriz busca alertar sobre o câncer de mama
20/10/2017
Exposição fotográfica “Um Novo Mundo” é aberta ao público
icone
Leitor Interativo
» Leia o Artigo da Edição
» Set

“Repetir roupa é sinal de inteligência”

Estilista Iva Regina explica como valorizar um look que já foi utilizado em outra ocasião

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Neste sábado 30, a ACI de Frederico Westphalen (ACIFW) promove um baile em comemoração aos 60 anos da entidade. Por ser um evento social, logo surgem dúvidas de qual o look adequado para usar e se vale a pena investir em uma roupa nova para o evento. De acordo com a estilista Iva Regina, toda festa de bom tom traz no convite a indicação do traje que deve-se usar. “Esta é a forma de fazer com que as pessoas se vistam adequadamente à ocasião, evitando os constrangimentos de estar arrumado demais ou de menos para o momento”, explica.

Vestido longo para mulheres

Quando o convite pede traje social e o evento será à noite, Iva explica que as mulheres devem usar vestidos ou saias de comprimento longo. “Cuidado com os decotes, eles podem aparecer assim como as fendas e as transparências, mas devem ser moderados. Tecidos nobres ao lado de acessórios de boa qualidade e joias finalizam o visual. Bolsas menores, sapatos ao gosto da mulher, cabelos e a maquiagem super bem trabalhados dão o toque a mais para a ocasião”, comenta a estilista.


Terno liso, gravata e sapato
Já para os homens, a indicação é utilizar terno e gravata. “Para os homens, é difícil de errar nesta ocasião. Um terno e uma gravata já resolvem tudo. O ideal é usar um terno liso e gravatas e sapatos escuros”, explica.

É adequado repetir o look?

Brilho, tecidos nobres e com bom caimento, além de sapatos de salto e acessórios – somado a uma produção de cabelo e maquiagem – podem pesar no bolso de quem é convidado da festa. Por isso, a indicação da estilista é de que seja utilizada a mesma roupa que já foi usada em outra ocasião. “É adequado sim repetir o look. Repetir roupa é sinal de inteligência, repetir roupa é chique, repetir roupa é sinal de estilo. É sinal de que sabemos exatamente quem somos, a que viemos. Reafirmamos quem somos para a sociedade por meio das roupas que vestimos. Quanto mais repetimos, mais nos reafirmamos enquanto indivíduo. Gosto muito de uma frase da papisa da moda, Costanza Pascolato, que diz ‘se uma peça não vale ser repetida, também não vale ser comprada’”, comenta.
A estilista ainda cita um trecho escrito por Gloria Kalil, onde a consultora de moda explica que repetir a roupa significa que a pessoa sabe como variar o visual usando a mesma peça. “Ninguém tem a obrigação – nem motivo – para mudar de roupa o tempo todo e, além do mais, não é nada chique, nem racional, usar uma roupa e depois esquecê-la no fundo do armário”, disse Kalil.
Para dar um novo visual ao look que será repetido, Iva Regina indica a utilização de acessórios. “Use um colar diferente, um cinto, uma bolsa que chame a atenção, coloque uma echarpe ou troque apenas o sapato”, afirma.

 

Leticia Waldow

COMPARTILHE ESTA PÁGINA
Os comentários no site estão em fase experimental - não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas. Denuncie comentários ofensivos ou usuários fakes pelo e-mail site@oaltouruguai.com.br.
© 2012-2013 - O ALTO URUGUAI - Rua Getúlio Vargas, 201 - Ipiranga - Frederico Westphalen/RS - Fone: (55) 3744-3040. Site desenvolvido por LIFESITE.