PUBLICIDADE
09 - Consulta Popular
Paulo Ricardo Sieben
Paulo Ricardo Sieben

Pastor vice-presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus-FW

Sugestões, elogios e dúvidas: clique aqui para enviar um e-mail.

O que é a nossa vida? Por que estamos aqui neste mundo?

**Os textos de colunistas aqui publicados são de sua total responsabilidade e não refletem a opinião do jornal O Alto Uruguai.

Publicado em: 22/08/2020

Certamente perguntas como estas já vieram à mente de muitas pessoas, especialmente quando elas passam por problemas e dificuldades na vida! Por mais que muitos pensem que a vida lhes pertence e que podem fazer dela o que bem entendem, na medida em que, assim como nasceram, um dia irão morrer e tudo acabou, a realidade não é esta.

A Bíblia nos diz que fomos eleitos por Deus, para sermos filhos de Deus. O termo "eleitos" significa "escolhidos de Deus". E aqui encontramos duas situações que nos mostram que não estamos neste mundo por acaso, mas porque Deus nos escolheu e nos elegeu, a ponto da Bíblia nos dizer que somos HERANÇA de Deus. Exatamente isto: não pertencemos a nós mesmos, nem aos nossos pais de sangue, pois se assim fosse, a Bíblia o diria; ao contrário disto, ela chama os pais de argueiros, e os filhos de flechas nas mãos dos argueiros.

E aí vem a grande responsabilidade de nossos pais. Se nascemos, estamos aqui porque Deus nos elegeu, não apenas para que simplesmente estejamos no mundo, mas para que possamos viver como filhos de Deus e nos apropriar de tudo o que Ele tem para nós, não por mérito nosso, mas pela graça de Deus.

O filho deve ter a natureza do pai, por isto precisamos ter a natureza de Deus! O milagre da eleição divina não depende de coisa alguma que alguém seja ou tenha feito, pois Deus nos escolheu em Cristo "antes da fundação do mundo" (Ef 1:4). As palavras de Deus a Israel por intermédio de Moisés ajudam a entender o significado da salvação pela graça: "Não vos teve o SENHOR afeição, nem vos escolheu porque fôsseis mais numerosos do que qualquer povo, pois éreis o menor de todos os povos, mas porque o SENHOR vos amava [...]. o SENHOR vos tirou com mão poderosa e vos resgatou da casa da servidão, do poder de Faraó, rei do Egito" (Dt 7:7, 8).

Certamente, todos nós precisamos de Deus todos os dias, seja para que não sejamos consumidos pelo inimigo, que é satanás, quanto para nossa salvação, e, assim, como está previsto para cada um de nós, morrermos uma vez, possamos herdar o céu. Se Deus salvasse o pecador com base em seu mérito ou em suas obras, ninguém seria salvo. Tudo se dá pela graça de Deus, a fim de glorificar a Deus.

Este é o segredo para que tenhamos tudo o que precisamos da parte de Deus: glorificar o Seu nome, com nossas palavras e nossas ações e atitudes, porque assim demonstramos que somos verdadeiros filhos de Deus. "O Senhor conhece os que lhe pertencem" (2 Tm 2:19), de modo que devemos deixar por conta dele a realização de seus propósitos eternos.

Nossa tarefa é compartilhar as boas-novas do evangelho com o mundo perdido. Mas Deus não só nos escolheu para sermos seus filhos, mas também nos separou para Ele. Esse é significado da palavra "santo". Quem crê em Cristo é separado do mundo para o Senhor.

Não somos de nós mesmos; pertencemos inteiramente ao Senhor (1 Co 6:19, 20). Assim como a cerimônia de casamento separa um homem e uma mulher um para o outro de modo exclusivo, a salvação separa o cristão exclusivamente para Jesus Cristo. A maior razão para que vivamos como filhos de Deus, é o fato de que Ele nos ama. E este amor não é condicional, mas incondicional, mesmo quando pecamos.

Quando um cristão peca, é um filho de Deus entristecendo o coração amoroso do Pai.

À medida que o amor do cristão por Deus cresce, também aumenta seu desejo de obedecer ao Senhor e de andar na novidade de vida que possui em Jesus Cristo. Não bastasse tudo isto, Deus ainda nos perdoa quando confessamos as nossas faltas e nos arrependemos. "Perdoando todos os nossos delitos" (Cl 2:13).

O perdão de Deus é completo e definitivo; não é condicional, nem parcial, através do sacrifício de Jesus Cristo na cruz. Somos escolhidos por Deus, separados para Deus, amados e perdoados por Deus! A soma de tudo isso é graça!

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica
PUBLICIDADE
13 - Mega Turismo