PUBLICIDADE
09 - Consulta Popular
Eduardo Girardello
Eduardo Girardello

Chef gastronômico, formado em Gastronomia pela Faculdade Estácio, de Florianópolis (SC).

Sugestões, elogios e dúvidas: clique aqui para enviar um e-mail.

Empadão de palmito

**Os textos de colunistas aqui publicados são de sua total responsabilidade e não refletem a opinião do jornal O Alto Uruguai.

Publicado em: 14/09/2020

Recheio

2 colheres de sopa de azeite

2 dentes de alho picado

1 cebola picada

1 vidro de palmito picado

50 g de azeitonas verdes picadas

1 tomate sem pele picado

1 tablete de caldo de sua preferência

1/2 xícara de água

1/2 xícara de leite

2 colheres de sopa de farinha de trigo

Salsinha

1/2 copo de requeijão

50 g de queijo ralado

 

Massa

500 g de farinha de trigo

250 g de gordura vegetal hidrogenada

2 colheres de sopa de queijo ralado opcional

Sal a gosto

1/2 xícara de guaraná

Gema para pincelar

 

MODO DE PREPARO

Recheio

Refogue no azeite o alho, a cebola, o palmito, o tomate e as azeitonas.

Misture a água com o caldo e deixe uns cinco minutos, misture o leite, deixe ferver e misture a farinha de uma vez.

Mexa rapidamente até soltar da panela. Retire do fogo e misture a salsinha.

 

Massa

- Misture a farinha, a gordura, o sal, o queijo e aos poucos o guaraná – às vezes não é preciso usar todo o guaraná. Amasse bem até não grudar nas mãos.

- Forre o fundo e lateral de uma forma, distribua o recheio já frio, o requeijão e o queijo ralado.

- Cubra com o restante da massa, pincele a gema e leve para assar em forno quente até dourar, mais ou menos 30 minutos.

- Essa massa é maravilhosa, fica leve, crocante e deliciosa. O recheio é a gosto, pode-se variar à vontade.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica