PUBLICIDADE
9 - Seen Experience

Segurança

Conclusão é apontada como reviravolta pela PC, que agora se volta a procurar eventuais cúmplices da mãe na ação

Publicado em 26/05/2020, última alteração em: 26/05/2020 11:01.

Por:



11 - Sicoob

Em entrevista à Rádio Gaúcha na manhã desta terça-feira, 26, o chefe do Departamento de Polícia do Interior (DPI), delegado Joerberth Pinto, confirmou que a perícia realizada no corpo do Rafael Mateus Winques, 11 anos, concluiu que a morte do menino se deu por asfixia mecânica.

A confirmação do estrangulamento foi apontada por Joerberth como reviravolta no caso. “Isso já era tratado informalmente, mas é uma reviravolta”, relatou o delegado à Rádio Gaúcha. Agora, conforme o chefe do DPI, as atenções se voltam a procurar eventuais ajudantes da mãe, Alexandra Dougokenski, na morte do menino. O delegado ainda afirmou que tanto o pai quanto o padrasto do menino não estariam em Planalto no momento do crime e não revelou os eventuais suspeitos.

Mais informações a qualquer momento.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel