PUBLICIDADE
9 -  Live Ohana

Ametista do Sul

Com o apoio do Sicredi, Coperametista pode se desenvolver e ampliar a sua atuação

Publicado em 03/07/2020.

Por:



11 - Razia

Uma cooperativa desencadeada pela luta e persistência de seus associados, consolidada pelo seu perfil sério e comprometido com os valores e princípios do cooperativismo. Esta é a Cooperativa de Produtores de Uva e Derivados de Ametista do Sul (Coperametista), fundada em abril de 2007, por 28 famílias que enfrentavam dificuldades de vender a sua produção. A instituição tem como objetivo gerar renda aos associados que aproveitam as boas condições climáticas da região para a produção da uva.

No começo, a área de abrangência era apenas Ametista do Sul, porém, com o passar do tempo, o Conselho de Administração da cooperativa entendeu que seria possível abrir espaço para o território nacional. Com isso, qualquer produtor de uva ou de laranja do Brasil pode se associar à Coperametista. Atualmente, o número aumentou e alcança 60 famílias do município sede, de Planalto, Alpestre e Rodeio Bonito.

A gama de produtos oferecidos também cresceu. São comercializadas oito variedades de vinhos de mesa e finos, três tipos de espumantes, além do suco integral, de uva e de laranja. A maioria das vendas acontece na região, mas como a cidade é turística, muitos visitantes de outros lugares vão conhecer a estrutura, experimentam e gostam da qualidade dos produtos, e fazem pedidos que são enviados, posteriormente, por transportadora, o que contribui para a rentabilidade da cooperativa.

O presidente, Elton Mezzaroba, diz que para manter a qualidade a Coperametista possui um projeto inovador de envelhecimento dos vinhos em galerias antigas de pedras preciosas. “Estes locais são ideais para mantermos o vinho, pois a temperatura permanece constante, entre 18 e 20 graus. Ainda, o ambiente escuro e a umidade moderada são fatores que, juntamente com toda a mística das pedras preciosas e a energia do local, definem o sabor único dos vinhos”, explica Mezzaroba.

 

O valor da intercooperação

Com incentivo do Sicredi, que disponibilizou curso e ajudou no impulsionamento da instituição, a Coperametista foi fundada, inicialmente, produzindo apenas vinho, que exigia menor número de equipamentos para a fabricação. Além disso, por anos, o Sicredi também contribuiu com a manutenção de um enólogo – especialista na produção e conservação do vinho, desde o plantio, escolha do solo, vindima, produção, envelhecimento, engarrafamento e venda.

Segundo Mezzaroba, a parceria com a instituição de crédito se manteve ao longo dos anos, inclusive, em 2018, a cooperativa apoiou mais um de seus projetos, por meio do Fundo de Desenvolvimento Regional – de assistência técnica para rastreabilidade. “Em todos os momentos de dificuldades tivemos o apoio do Sicredi. Até mesmo a agroindústria de sucos foi financiada junto a este empreendimento, assim como a balança e as câmaras frias, muito úteis no nosso dia a dia. Ainda, a instituição continuou nos oferecendo cursos e também apoia a realização de excursões para levar associados a conhecer propriedades modelos, o que também contribui para o desenvolvimento do trabalho deles e, consequentemente, da Coperametista. O Sicredi nos valoriza muito e temos uma história bonita juntos de intercooperação. Essa consideração é de parte de nossos cooperados, pois 100% deles são também associados do Sicredi. Somos muito gratos por tudo o que o Sicredi fez e continua fazendo pela nossa cooperativa”, assegura Mezzaroba.

 

Associado

Desacreditado com a produção de uvas, pelo mercado ser muito instável, Rodolfo Bernardo Dias apostou na fundação da Coperametista, com o intuito que a cooperativa pudesse ajudar a alavancar as vendas. “Estou muito feliz em não ter desistido pelas dificuldades iniciais que tivemos, pois de meio hectare de produção de uvas que eu tinha em 2007, hoje totalizo quatro hectares, somando mais de 20 toneladas por safra. Isso gera uma grande satisfação e qualidade de vida para nós. A Coperametista, que teve total apoio do Sicredi, foi muito significativa para a mudança de vida da minha família. Além disso, o Sicredi acreditou em mim e nos meus sonhos, sempre aprovando os investimentos que precisei. Isso me deu segurança e me fez acreditar que era possível permanecer na propriedade, mantendo minha família unida e feliz. Só tenho que agradecer por isso”, finaliza Dias.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel