PUBLICIDADE
9 - Girassol

Anderson Rosa dos Santos

Vindo de uma família com influência musical, Anderson começou a se envolver com a música aos seis anos, quando ganhou do seu pai o primeiro violão

SET

Publicado em 06/04/2021.

Por:



11 - Girassol

Anderson Rosa dos Santos, mais conhecido pelo nome artístico de Anderson Lira, é um cantor e compositor jovem de Frederico Westphalen, que com apenas 23 anos, assim como muitos outros artistas da nossa região, traz em sua trajetória muitas histórias para contar e, é claro, muitos sonhos a serem conquistados ainda.

Vindo de uma família com influência musical, Anderson começou a se envolver com a música aos seis anos, quando ganhou do seu pai o primeiro violão. “A partir daí que digo que foi onde tudo começou, afinal, esses primeiros passos é que nos guiam para o futuro. Com as influências e incentivo dos familiares por parte da minha mãe, que são todos amantes da música sertaneja, tios e primos e até mesmo o meu avô, que adora tocar um violão e cantar uma boa moda, esse meu envolvimento foi surgindo naturalmente, e até hoje estou neste sonho”, conta o músico.

12 - Engenehiro Alvaro

                                 

Ao estilo sertanejo

Desde que o sertanejo “invadiu” os palcos, a música nesse estilo tem se mantido, inclusive na aparição de novos artistas, que cada vez mais ganham espaço no mercado. Anderson é um desses que surgiu “ao estilo sertanejo”.

– Gosto de ouvir vários gêneros, mas o meu estilo musical no qual desenvolvo meus projetos é o sertanejo mesmo. Realmente é muito difícil o mercado sertanejo na região em que a gente vive, as dificuldades e tombos muitas vezes fazem desanimar e baixar a cabeça, principalmente, quando não somos valorizados, pois acontece muito. O que me faz seguir em frente e continuar tentando buscar meu espaço é a paixão pela música, é a felicidade e o sorriso no rosto das pessoas que estão nos shows, e principalmente o incentivo e apoio de amigos e familiares. Não é um sonho só meu, é um sonho de todos nós – comenta o frederiquense.  

 

Projetos

Motivado em levar a sua arte cada vez mais longe, no ano de 2015 Anderson deu início ao projeto solo "Anderson Lira", onde começou a fazer shows. “A partir daí, em 2016, tive a oportunidade de gravar uma composição minha, feita junto com um amigo e compositor, o Eduardo Marin, a ‘Caso com a bebida’. Já no ano de 2017, gravei a música ‘Pegadeira’, ambas estão disponíveis no YouTube. No fim do ano de 2019, damos início ao projeto que temos hoje, a dupla Jean Lucas e Anderson, onde faço a primeira voz, temos banda que nos acompanha nas viagens e shows por onde passamos, como feiras, casamentos, formaturas, bares, pubs e eventos particulares”, destaca Anderson, lembrando que por conta da pandemia, muitas adaptações precisaram ser feitas.

– Com tudo que vem acontecendo, com essa questão da pandemia, com a dupla ainda não conseguimos pôr em prática nossos projetos. Queremos gravar assim que possível um DVD contendo grandes sucessos da música sertaneja e também alguns trabalhos individuais, quem sabe músicas autorais, mas tudo isso depende de investimento que ainda não somos capazes de fazer sozinhos, mas com certeza seria uma virada de chave e um sonho realizado – acrescenta.

 

Jamais desistir

Definindo-se como um jovem batalhador e sonhador, Anderson diz que para chegar até aqui e jamais desistir, o apoio da família foi fundamental. “Sempre tive apoio da família, são meus maiores apoiadores e inspiradores, que me passaram o seu conhecimento musical, e não só isso, me ensinaram também a ser uma pessoa correta e justa. Entre esses posso citar meu avô, Lidio da Rosa, e minha mãe, Eliana da Rosa”, frisa o músico, falando também do desejo de chegar cada vez mais longe.

– Meu maior sonho como cantor é conquistar o meu espaço, poder atravessar fronteiras e levar a minha música o mais longe possível. Não corro atrás do sucesso especificamente, eu corro atrás do reconhecimento, como todo profissional busca na sua área, eu respiro música. Para aqueles que também têm objetivos, eu digo para nunca desistirem, pois a vida não tem sentido nenhum para quem não sonha – finaliza.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Mega Turismo
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica