PUBLICIDADE
09 - Consulta Popular

Saúde

Município tem canal para comunidade denunciar locais com focos do mosquito Aedes aegypti

Publicado em 31/03/2020.

Por:



11 - Novo Rural

O fiscal sanitário, Diego Priebe, confirmou na sexta-feira, 27, o o primeiro caso de dengue em Erval Seco. Segundo Priebe, trata-se de um caso importado, já que o paciente infectado era da cidade de Teutônia e veio morar recentemente no interior do município. “Ele já apresenta melhora expressiva no quadro de saúde”, informou.

O fiscal sanitário frisa ainda para que a comunidade revise o seu pátio, as plantas, os reservatórios das geladeiras frost-free e faça a sua parte para evitar o acúmulo de água, pois já são vários os municípios da região que registraram casos da doença.

O Aedes aegypti prefere o ambiente úmido para colocar seus ovos, que podem sobreviver até 450 dias nesse local. Bastam alguns milímetros de água para eles eclodirem e, em uma semana, transformarem-se em mosquitos adultos. O ciclo de vida do mosquito é de 35 dias, mas o número de pessoas que ele pode infectar é ilimitado.

O município tem um canal para que a população possa denunciar locais com foco do mosquito. O telefone é (55) 3748-1136.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica